Novo momento da Rede!

O Passado.

O Movimento Mecenas da Vida, em janeiro/2009, começou a executar o programa Turismo CO2 Legal na Área de Proteção Ambiental Costa de Itacaré/Serra Grande para:

* Transformar a atividade turística num vetor de conservação ambiental e desenvolvimento socioeconômico das populações tradicionais;

* Diferenciar e valorizar o destino turístico, implantando uma nova identidade baseada na compensação das emissões de gases de efeito estufa dessa cadeia produtiva;

* Proteger as florestas, os recursos naturais, a biodiversidade e as paisagens da região;

* Combater a pobreza no meio rural e promover a inclusão socioeconômica dos agricultores tradicionais locais;

* Implantar práticas de responsabilidade socioambiental, tanto dos empreendimentos, quanto dos turistas.

* Aportar soluções simples e práticas, em escala local, para combater o aquecimento global e mudanças climáticas.

Durante os 6 anos e meio do programa, entre desafios, sempre nos mantivemos firmes e motivados pelo potencial transformador do Turismo CO2 Legal e pelos múltiplos benefícios socioambientais que ele pode gerar a todos! Assim, o programa foi sendo reconhecido:

2009: Premio “Terra de Mulheres” da Fundação Yves Rocher, Paris-França - concedido a integrante fundadora Eva Arbat, pelo trabalho realizado no programa Turismo CO2 Legal.

2010: O programa é selecionado no Edital FAPESB para divulgação de tecnologias socioambientais inovadoras.

2011: É reconhecimento pela UNESCO como um exemplo de novas e boas práticas, que se reportam às questões da educação para o desenvolvimento sustentável.

2013: Concorrendo com 200 projetos, o Turismo CO2 Legal é um dos 5 projetos selecionados para ser apoiado pelo Edital TAM Sustentabilidade.

2014: O vídeo “Turismo CO2 Legal: o registro de uma transformação” foi selecionado para o Circuito Tela Verde - uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente em parceria com o Ministério da Cultura.

2015: O programa é selecionado para ser apoiado pelo Instituto Arapyaú e Programa FUNBIO/PROBIO II. 

O presente.

Pousada da Paz

Com novos apoios, estamos implantando novidades com a finalidade de consolidar o programa e ampliar o número de famílias de agricultores envolvidas:

* Implantação da certificação orgânica participativa, nas propriedades rurais dos agricultores envolvidos, visando oferecer ao trade turístico, e moradores locais, alimentos mais saudáveis.

* Estruturação da Rede de Comércio Turismo CO2 Legal e implantação de um ponto de comércio, em Itacaré e em Serra Grande, para escoar a produção agrícola e artesanal dos agricultores.

* Lançamento da nova website da instituição que traz novas ferramentas para comunicar o programa e dar mais visibilidade aos parceiros.

* Criação de aplicativos para celulares, a fim de facilitar o envolvimento dos turistas com a compensação das emissões de gases de efeito estufa das suas viagens. 

O futuro.

O "ponto chave" para ampliar, significativamente, o número de famílias de agricultores no programa é intensificar a participação dos turistas com a compensação das emissões das suas viagens. Dados oficiais do governo apontam que Itacaré recebe, aproximadamente, 200 mil turistas/ano. Se todos os turistas compensassem as emissões das suas viagens, pagando apenas R$10,00, seria possível envolver 400 famílias de agricultores! Os impactos gerados seriam:

Empório Bahia• 400 propriedades rurais conservando florestas e paisagens e restaurando as áreas degradadas.
• 400 famílias de agricultores recebendo capacitação técnica em agroecologia e produção orgânica.
• 400 agricultores produzindo alimentos de forma agroecológica e orgânica, e conservando os recursos naturais.
• 120 mil reais por mês sendo injetados na economia local.
• 400 famílias de agricultores atuando como protagonistas da conservação ambiental.
• 200 mil turistas levando uma imagem positiva do nosso destino turístico e das pousadas e comércio participantes!

Para isso se tornar realidade, “o futuro” depende, exclusivamente, dos nossos parceiros, principalmente das pousadas e hotéis que podem agregar o valor de

R$10,00 do Cartão de Vantagens Turismo CO2 Legal ao valor final do pacote de hospedagem. O Turista recebe o Cartão de Vantagens na Pousada e com ele ganha 5% de desconto nas compras e nas despesas de consumo realizadas na rede de comércio participante. Assim, os R$10,00 agregados ao pacote da estadia passam a ser um investimento para o turista, e a pousada adquire um diferencial!

Todos os recursos provenientes das compensações dos parceiros (pousadas, hotéis, lojas, restaurantes etc.) são utilizados, integralmente, no pagamento das bolsas conservação às famílias de agricultores e na logística das reuniões semanais, que acontecem nas propriedades dessas famílias que participam do programa. 

Nem passado, nem presente, nem futuro.

Para nós, a construção de uma rede solidária animada pela parceria entre empresários/negócios e agricultores tradicionais da nossa Área de Proteção Ambiental, conectados pelo propósito de colaborar com soluções para a mudança climática e para a conservação da biodiversidade local, criando, ao mesmo tempo, uma identidade turística diferenciada para a região, é atemporal!

Vamos prosseguindo! Entre em contato e entre na Rede! Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Trabalhamos para democratizar a conservação ambiental e integrá-la ao desenvolvimento humano.

Reconhecidos pela UNESCO!

Nossas Parcerias

Rede nas parcerias institucionais, com os colaboradores e com os participantes Turismo CO2 Legal!

Conheça-os!

Rede Colaborativa

  • Saiba como cooperar, solidarizar, agir sinergeticamente, participar, otimizar, sustentar-habilidades...

    LEIA +

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4

Contato

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  55 + (73) 9996-1575
  Rua Marquês de Paranaguá, 200 - Caixa Postal 209 - Centro, Ilhéus (BA) - Brasil - CEP.: 45653-970